O melhor do piano de Amilton Godoy

 

CD integra a coleção ‘Piano Solo – Compositores Brasileiros’ e é editado pelo Clam (Centro Livre de Aprendizagem Musical)

 

Amilton Godoy, artista de múltiplas facetas, executa ao piano 16 de suas composições, todas elas muito atraentes, concretizadas em um CD e em um álbum de partituras. Integrando a coleção Piano Solo – Compositores Brasileiros, esse trabalho feito por ele e pela produtora Dulce Auriemo preserva para sempre o requinte de uma música feita com extraordinário conhecimento da linguagem dos sons e um igual amor por sua arte.

Até hoje, Amilton Godoy era mais conhecido como o pianista do Zimbo Trio, como o refinado acompanhador de alguns astros, como arranjador de primeira e como professor idolatrado por seus alunos. Suas próprias composições, ele só as mostrava para os amigos mais próximos. Impulsionado pela valorosa Dulce Auriemo, ele agora se revela enquanto inventor. Na linguagem do Amilton Godoy compositor há várias referências, harmoniosamente filtradas por sua personalidade. Seu mundo sonoro provém do “impressionismo” de Debussy, Ravel e Scriabin, da atmosfera tênue do coll jazz de Evans, da agitação dos velhos “pianeiros” brasileiros e do universo mágico da bossa nova.

Assimilando comportamentos melódicos, harmônicos e rítmicos dessas constelações, Amilton constrói peças saborosíssimas, sob a égide das inúmeras “batidas” do coração brasileiro. Todas as suas peças são lições de bem escrever para o teclado. Alguns exemplos talvez bastem para dar uma dimensão da criatividade desse que é um dos três irmãos Godoy. Em Pouca Encrenca, ele estabelece uma contraposição dinâmica entre uma figura rítmico harmônica da mão esquerda e as rapidíssimas escalas que a mão direita não se cansa de fazer subir e descer sobre a ampla extensão do piano. Já Teus Olhos exibe o lirismo cantante de uma melodia acompanhada por harmonias esvanescentes, em uma sucessão de variantes que crescem em complexidade e expressão. Em Choro, tem-se o gingado gostoso de uma revisita ao velho gênero, sob a clave de harmonias suntuosas e de grande liberdade tonal.

O esmerado álbum de partituras poderá até servir como base para improvisações de alunos de piano bem adiantados.

1 Pouca Encrenca 3:55
2 Teus Olhos 3:39
3 Choro 3:28
4 Antes Assim 4:39
5 Tributo ao Casé 4:04
6 Divertimento 3:25
7 Tudo Bem 6:42
8 Viva Tuca 4:06
9 Notas Que Falam 3:19
10 Santa Cecilia 2:24
11 Estudo em Ré Maior 1:15
12 Teste de Som 2:01
13 Valsas para Crianças 2:25
14 O Batráquio 2:50
15 Assim Está Certo 1:16
16 Em Férias (Cypress Point) 2:52


  • Publicação: Jornal da Tarde (São Paulo / SP – Brasil)
  • Data: Sexta-feira, 19 de janeiro de 2001
  • Título: O melhor do piano de Amilton Godoy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *